Líder de quadrilha de traficantes que agia em Ilhéus é preso em Goiânia

 

Onze integrantes de uma quadrilha, que controlava o tráfico de drogas em, pelo menos, quatro bairros de Ilhéus, foram presos, na quarta-feira (26), durante operação deflagrada pela 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Ilhéus). O líder do bando, Marcelo Nascimento, o “Bola”, foi preso em Goiânia, onde passou a residir e comandar as ações da quadrilha. Saiba mais

Expedidos pelas 1ª e 2ª Varas Criminais de Ilhéus, nove mandados foram cumpridos contra Anselmo Oliveira Souza Filho, o “Minho”, Júlio César dos Santos Roiz, o “Sérgio”, e sua mulher, Vívia de Jesus Almeida, uma das mulheres de “Bola”, Claudiana Silva da Paixão, a “Nea” ou “ Baixinha”, Rafel Oliveira Conceição, o “Rato”, Edenilson Pinheiro Santos, o “Rico” ou “Riquinha”, Mário Sérgio Santos Lima, o “Cê”, e sua companheira, Jocélia Reis da Silva, e Irailton Ribeiro dos Santos.

Enquanto na casa de Júlio e Vívia, autuados em flagrante por tráfico, a polícia encontrou 50 gramas crack, na residência de “Cê” e Jocélia, foram encontradas mais 400 gramas, da droga. Já na casa de “Riquinho” foi apreendido um revólver calibre 38, enquanto na de Irailton havia munição de calibre 38. A polícia prendeu os integrantes do bando nos bairros de Nossa Senhora da Vitória, Nelson Costa e Teotônio Vilela.

Segundo o coordenador da 7ª Coorpin/Ilhéus, delegado André Aragão, as investigações que resultaram na prisão de “Bola” e dos comparsas foram iniciadas há seis meses. “Bola” foi localizado e preso nem Goiás por equipes da 11ª Coorpin/Barreiras, com o apoio da Delegacia de Captura de Goiânia, e deverá ser recambiado para Ilhéus, nos próximos dias. Os demais integrantes ficarão custodiados na sede da 7ª Coorpin/Ilhéus, aguardando transferência para o sistema prisional. A operação, batizada de “Clash/Troll”, contou também com o apoio da 6ª Coorpin/Itabuna e da Superintendência de Inteligência (SI), da Secretaria da Segurança Pública (SSP/BA).