DENÚNCIA SOBRE EDUCAÇÃO EM ILHÉUS: COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR

 

Tido como referência em todo País, o Colégio da Policia Militar de Ilhéus, segundo denuncia de pais e alunos vêm fugindo a regra. De acordo denuncia chegada ao nosso Blog, cerca de 20 alunos, do 2º ano D, estão na eminência de serem expulsos, suspenso e alguns proibidos de realizarem as provas.

Tudo começou, quando durante uma apresentação desta turma, ao final, suspenderam e exibiram um “pirulito” escrito “deleite-se com os excluídos”. Esta reação, segundo denunciante deve-se ao fato da turma estar sendo perseguida por professores e diretoria, chegando ao ponto de serem discriminados até por outros alunos.

O clima de terror implantado quer uma ação por parte da Diretoria, de conversar com alunos e pais, para apurar o que vem acontecendo, afinal a Educação é um Direito garantido pela Constituição Federal e todo Colégio existe um Comissão de faz uma avaliação e oferece orientação aos alunos e pais antes que se chegue a este ponto. Saiba mais.

Portanto, necessário se faz que a conceituada Diretoria deste Colégio reavalie e apure o porquê de tal reação dos alunos, e não os deixe prejudicados. Outro ponto grave diz da presença de uma mãe ao Colégio, hoje, onde a mesma foi maltratada.

Não se permite que se puna antes que sejam apurados os fatos com clareza, que  se puna pelo uso de liberdade de expressão, garantido por Lei,  o que foi feito, foi no sentido de buscar solução e não punição. Com a palavra a Diretoria e professora. Educação é prioridade e tem que ser feita com respeito, isenção de ânimos e acima de tudo equilíbrio. Aguardamos solução.